Ielmo Marinho / RN: História de Ielmo Marinho

História de Ielmo Marinho


A localidade de paisagem agradável, boa para a produção agrícola e adequada para pecuária, chamada de Poço Limpo, desde cedo experimentava sinais de progresso.

Com terras boas para o gado e para o plantio, Poço Limpo, às margens do Rio Potengi, mantinha uma atividade intensa, com muita fartura, festividade e crescimento, no final do século XIX e no início do século XX,. Segundo relata Ferreira Nobre, em 1877 Poço Limpo era, verdadeiramente, um povoado importante na região.

A antiga povoação de Poço Limpo, ao longo de sua história, foi integrada ao território de vários municípios. Primeiro, foi parte das terras que pertecem a Natal; depois passou a ser um dos dezoito povoados do município de São Gonçalo do Amarante.

Em seguida, no ano de 1943, a povoação de Poço Limpo foi vinculada diretamente ao município de São Paulo do Potengi.

Vinte anos se passaram e em 27 de Agosto de 1963, através da Lei número 2.909, o povoado desmembrou-se de São Paulo do Potengi e tornou-se o novo município de Ielmo Marinho.

A decisão de escolher o nome Ielmo Marinho, vem a ser uma homenagem a um ilustre filho da terra, muito querido na localidade, que durante muitos anos dedicou-se á comunidade. O nome do município foi proposto pelo deputado Manoel Gurgel, em homenagem a um jovem líder desaparecido aos 25 anos. Sofrendo de doença incurável, desde os 8 anos, Ielmo Marinho de Queiroz, percorria a cavalo o território, desenvolvendo invejável campanha no plano assistencial.

Cultura

A cidade conta com apoio cultural da Biblioteca Abílio Marinho, com acervo de mais de 2 mil livros.

Evento religioso

Em Ielmo Marinho comemora-se a festa de seu padroeiro, São Raimundo, no dia 31 de Agosto, com atos religiosos e eventos populares.

Ielmo Marinho / RN - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página